Portal da Cidade São Miguel do Guaporé

CONTRATAÇÃO

Regularização de propriedades rurais de Rondônia será impulsionada

O Governo de Rondônia vai contratar 25 analistas ambientais para trabalhar com o Cadastro Ambiental Rural (CAR) no âmbito da Secretaria Estadual do Desenvo

Postado em 27/11/2020 às 12:53

CAR retifica dados de imóveis; Estado tem mais de 13,7 mil propriedades visitadas (Foto: Governo do Estado (Frank Néry))

O Processo Seletivo destina-se ao preenchimento de vagas e à formação de cadastro de reserva, com jornada de trabalho de 8 horas diárias, totalizando 40 horas semanais.

Com remuneração mensal de R$ 5,53 mil e nível de escolaridade superior, a Sedam contratará engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, engenheiro cartógrafo, engenheiro florestal e geógrafo.

Conheça o edital nº 204/2020/Segep-GCP com o processo seletivo simplificado, na página 2 do Diário Oficial eletrônico do Estado de Rondônia.

Os contratos dos analistas serão regidos pelo Regime Administrativo Especial e vinculados ao Regime Geral da Previdência Social, via INSS, para o qual o contratado contribuirá obrigatoriamente.

Até o ano passado, a análise de projetos alcançava 13.755 propriedades no Estado, pouco menos de 10% da expectativa inicial de visitar 130 mil famílias. Apenas nove analistas da Sedam trabalhavam nessa área até o ano passado.

Análises de 1.615 imóveis rurais estão em evolução. Dez municípios têm 36% dos cadastros carentes de análise, embora estejam livres de imóveis sobrepostos. Ao todo, 48 imóveis têm mais de 20 sobreposições, inteirando 1.349.

O CAR atua no Sistema Nacional de Informação sobre Meio Ambiente (Sinima). Trata-se do registro eletrônico obrigatório para todos os imóveis rurais, possibilitando a integração de informações ambientais referentes à situação das áreas de preservação permanente (APPs), áreas de reserva legal, florestas e remanescentes de vegetação nativa, áreas de uso restrito (pantanais e planícies pantaneiras) e áreas consolidadas das propriedades e posses rurais do País.

Fonte:

Receba as notícias de São Miguel do Guaporé no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário